parallax background

Autopercepção

26/02/2020

Inteligência emocional requer um investimento profundo em múltiplas áreas. Tá preparado?

Pois é, na verdade, como todos nós já enfrentamos a encruzilhada da mudança… antes de mais nada é preciso entender o que não entendemos.
É admitir a falta de conhecimento ou mesmo a incompetência. Este é o ponto de partida. Mas passado este ponto, o próximo passo é quebrar em pedaços o desconhecimento e => partir!

Ao olhar com uma lupa, sempre vão existir olhares & olhares…. mas, quero sugerir algumas áreas que podem lançar a luz ao tema e mostrar uma certa sequência nesta jornada, se assim você decidiu mergulhar no tema.
Digo: é apaixonante!

Começaria por Self Awareness, ou… autopercepção. A Neurociência (vide David Rock ) conta que, nossas ações são de 65 a 70% inconscientes e automáticas, muito na linha que o cérebro está devidamente aparelhado para gastar menos energia em assuntos já visitados. Não posso deixar de comentar que existem alguns autores e pesquisadores que chegaram à 90% de ações e decisões inconscientes. O que salta aos olhos de qualquer maneira é que é extremamente alto o tempo que decidimos e agimos nesta linha. Isto deixa um espaço pequeno para que, ao estarmos conscientes termos a chance de agir de forma diferente. Aqui estariam os momentos e oportunidades para desenvolvermos algo…como um novo comportamento ou mesmo ampliar a nossa consciência.

Dito isto, colocando o nosso foco em olhar para dentro e percebermos… ou nos perguntarmos:
– O que estamos fazendo?
– Por que estamos fazendo?
– O que estamos sentindo?
– Qual a frequência e amplitude dos nossos sentimentos em determinados momentos?
– Como podemos exercitar e identificar estes sentimentos e, com esta percepção…

Conseguirmos trabalhar, exercitar e ter algum controle sobre as emoções envolvidas.
Veja que… é um mergulho e ao mesmo tempo tentamos fazer um diagnóstico para estarmos alertas e podermos perceber ou procurar lá no fundo, que emoções estão nos acompanhando? Quais são os gatilhos para aparecerem? Como aparecem? Este alerta pode vir à tona como:
– um “frio” na barriga
– ou uma pequena dor de cabeça (quase imperceptível)
– um expirar mais profundo
Cada pessoa, com certeza pode ter sinais físicos ou até intuitivos que precedem a uma emoção. Note bem…. “precedem”!
Muito bem… aqui fica a minha sugestão deste primeiro passo: SELF AWARENESS

No próximo artigo pretendo explorar Self Regulation.

Boa semana! Até lá!

A. Ornellas / Coach Executivo; Palestrante; Consultor Sr e Co-founder da TCS Creative

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *